terça-feira, 3 de novembro de 2009

Para que Marcha para Jesus?


Por PCamaral

Responda, meu querido leitor: Jesus precisa disto? O Senhor Jesus nos orientou a não nos conformarmos com este mundo, não tomar a forma do mundo, não fazer tal qual o mundo faz as coisas. A meu ver, esta orientação não está sendo seguida por uma grande parcela do povo cristão.

A Marcha para Jesus é um claro exemplo. Com o pretexto de “tomar para Deus as ruas de vários estados do Brasil”, [como se TUDO já não fosse do Senhor], líderes manipulam multidões se aproveitando da falta de conhecimento bíblico e de discernimento de qual seja a verdadeira vontade de Deus.

À frente desta “Marcha”, participam líderes que têm sido péssimos exemplos para a igreja e para o mundo. Alguns respondem processos na justiça, outros se aproveitam para mostrar poder e barganhar votos para seus candidatos a cargos públicos. Levando, atrás de si,  multidões atraídas pela sua “popularidade”. Como fãs alucinadas correndo atrás de seus ídolos. É triste ver um povo que segue atrás do trio elétrico sem saber o real motivo dele estar ali.

Por que o povo de Deus precisa marchar para mostrar ao mundo que existe? Por algum acaso Deus se preocupou em colocar na Bíblia este tipo de manifestação? O povo que deveria influenciar o mundo é influenciado pelo mundo! Copia tudo o que “dá certo” para angariar “fundos” e “poder para manipular”.

O fim não é a benção do povo, mas se eleger a um novo mandato nas próximas eleições, a construção de novos, enormes e suntuosos templos, e para engordar suas contas bancárias e sustentar seus programas de televisão.

E o povo entra de gaiato na história. Ou você está “crente” que eles se preocupam com você, irmão, individuo, ser humano? Eles estão preocupados é com números: “quantos participaram, quantos apoiaram, quantos nos seguem, quantos, quantos, quantos e... quanto $$$$$$ ?

Eu agora te pergunto: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Não lembra das palavras do Senhor Jesus? “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”.(Mateus 6:24) Você serve à Deus ou a Mamom? “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu”.(1Reis 18:21)

Vais continuar a não responder questionamentos? Só porque virou crente não pensa mais? Segues piamente o que o “super apóstolo”, o “super pastor” o “super bispo” diz para você fazer? E quanto você vai “dar de oferta” para a “super” obra do Senhor?

Tá pensando que estão preocupados com você? Estão preocupados com o que você tem nos bolsos!

E olhe que Jesus, que é Deus, não tinha nem onde reclinar sua cabeça para descansar. Por que eles não seguem o exemplo de humildade dado pelo Mestre? Se Jesus chegasse para participar desta “Marcha” seria enxotado dela, pois, com certeza, diria poucas e boas a estes “sepulcros caiados por fora, mas por dentro, cheios de ossos podres”.

Irmãos, o evangelho é simplicidade, é testemunho individual, onde as pessoas vêem em você o caráter do Senhor Jesus, a pregação é de porta em porta, nas casas, levando às pessoas do mundo a Salvação dada única e exclusivamente pela graça de Deus através do sacrifício substitutivo do Senhor Jesus na cruz do calvário.

O crente fiel que ama ao Senhor não precisa de “Marcha” para que as pessoas do mundo enxerguem Jesus, pois ele próprio, emana o bom perfume de Cristo que atrai para si e acrescenta à igreja os que serão salvos.

Renda-se a simplicidade do evangelho, não permita que princípios básicos da palavra de Deus sejam substituídos por manipulações e Programação Neurolinguistica.

Não se deixe levar por homens! Seja mais criterioso, siga o exemplo dos bereanos, confirme se está escrito na Bíblia. Lembre-se, o que está em jogo é a sua vida espiritual, o seu testemunho pessoal, e o seu serviço ao dono da igreja, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Que Deus ilumine nossas mentes e abra nossos olhos!

Sobre manipulação leia Manipulação, o mal nosso de cada dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.