quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Amigos e familiares se despedem de Lombardi

Mariana Oliveira* Do G1, em Santo André (SP)


Locutor morreu na manhã de quarta-feira (2).
Enterro será em Santo André, na Grande São Paulo.

Em uma cerimônia na manhã desta quinta-feira (3), os amigos e familiares prestam suas últimas homenagens ao locutor Luiz Lombardi. Ele morreu na manhã de quarta-feira (2), aos 69 anos, depois de sofrer um infarto enquanto dormia, segundo a família.

O filho do locutor Lombardi, Luiz Fernando Lombardi, no enterro do pai, nesta quinta, em Santo André (Foto: Mariana Oliveira / G1)

O velório ocorre na Câmara Municipal de Santo André (SP) e o enterro está programado para a manhã desta quinta no Cemitério Cristo Redentor, no bairro Vila Pires.

Muito emocionado, o filho Luiz Fernando Lombardi, de 29 anos, disse que o pai teve uma morte tranquila, sem dor. "Às vezes a gente até acha inadmissível, mas a gente tem que entender a vontade de Deus. Eu espero que ele esteja nos braços de Deus".

Segundo o filho, Lombardi não apresentava sintomas de nenhuma doença. "Na noite anterior a gente se falou com a mesma alegria, tratou das mesmas questões".

Para Luiz Fernando, a saúde da avó, que segundo ele está em estado vegetativo, pode ter colaborado para a morte repentina do pai.


Familiares e amigos no velório em Santo André (SP) (Foto: Mariana Oliveira/G1)

O cantor e vereador de São Paulo Aguinaldo Timóteo compareceu ao velório e disse que Lombardi era "uma celebridade invisível". "O Brasil todo o admirou muito através da voz. Era uma figura famosíssima sem que as pessoas soubessem quem era".

Na noite de quarta (2), o empresário Silvio Santos compareceu ao local. O dono do SBT esteve no local por volta das 21h30 e permaneceu no velório por cerca de 15 minutos. Ele saiu sem falar com a imprensa.

Além do empresário, passaram pelo velório Carlos Massa, o Ratinho, o apresentador Celso Portiolli e outros funcionários da emissora, além de políticos de Santo André.


Silvio Santos observa o corpo de Lombardi no velório em Santo André (Foto: Adriano Lima/Futura Press )

O apresentador Ratinho permaneceu no velório por cerca de 15 minutos e disse que a morte de Lombardi é uma “perda irreparável”. “Ele vai fazer falta, e as pessoas vão sentir isso quando deixarem de ouvir a voz dele. Ele só tinha uma preocupação, a de não perder a alegria na voz e não perdeu”, disse.

Um dos filhos de Lombardi, conhecido como Lombardinho, está no velório, mas precisou ser retirado para uma área reservada, após passar mal.

Segundo comunicado oficial divulgado pela emissora, o locutor sofreu um infarto agudo do miocárdio. O corpo foi encontrado na manhã desta quarta, pela mulher do locutor, Eni Lombardi.

O locutor começou sua carreira na extinta TV Paulista, fazendo comerciais, mas logo Silvio Santos o chamou para trabalhar com ele, e a parceria se manteve desde então.

Lombardi deixa a esposa, Eni, o filho Luiz Fernando Lombardi e os netos Daniel, Gabriel e Julia.

PC@maral: Hoje eu tenho 50 anos de idade, e desde a minha infância, quando meus pais assistiam ao programa do Silvio Santos, e mais tarde, passando para a vida adulta e constituindo família, agora era eu quem assistia junto com minha familia a esse programa, passamos a conhecer este homem pela sua voz, e mesmo não vendo seu rosto, ele já estava presente na nossa vida. Silvio Santos sem Lombardi será dificil de aceitar. À família deste homem tão querido, que apesar de não aparecer na tela da TV mas apenas de ser ouvido, e que todos nós no Brasil aprendemos a amar, minhas sinceras condolências e, a nossa oração para que Deus console, através do Espírto Santo, o coração de sua esposa, de seus filhos, de seus netos e de todos os seus amigos e todos os que aprenderam a amá-lo. Deus abençoe e console a todos.

***

Fonte: G1

Um comentário:

  1. e triste mais ficamos alegre pois DEUS RECOLHUE PARA SEU TRONO DE GLORIA

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.