quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Estado de saúde do cinegrafista que estava em helicóptero que caiu é grave

Aeronave caiu na manhã desta quarta no Jockey Club de SP (Foto: Filipe Araújo/AE)


Kléber Tomaz do G1, em São Paulo - 10/02/10 - 11h35 - Atualizado em 10/02/10 - 12h57


É grave e instável o estado de saúde do cinegrafista Alexandre Moura, de 36 anos, que sobreviveu à queda de um helicóptero da TV Record na manhã desta quarta-feira (10), no Jockey Club, Zona Oeste de São Paulo. A informação é do Hospital Itacolomy Butantã, para onde Moura foi levado.

Segundo o boletim médico divulgado às 11h desta quarta, Moura está na UTI, "encontra-se em coma induzido e apresenta quadro de contusão no tórax, com fraturas de costelas, vétebras lombares, de maxilar, trauma abdominal, além de trauma cranioencefálico com hemorragia cerebral". O próximo boletim será divulgado às 16h desta quarta.

A aeronave caiu por volta das 7h20 desta quarta. Quando sobrevoava o Jockey, o helicóptero começou a rodopiar, perdeu altitude e a soltar fumaça e caiu no gramado. O piloto Rafael Delgado Sobrinho, de 45 anos, morreu na queda.

A TV Record emitiu nota em que lamenta o acidente e informa que está prestando toda assistência às famílias das vítimas. A emissora disse ainda que está colaborando com as autoridades da Aeronáutica para a investigação das causas da queda da aeronave.

***

Fonte: G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.