terça-feira, 2 de março de 2010

A vingança das galinhas

Galinhas fazem armadilha e matam raposa. Três galinhas e um galo se uniram vingaram morte de suas colegas de galinheiro

Michelle Cordell, de 43 anos, está orgulhosa do galinheiro que tem. Há pouco mais de um ano, ela comprou meia dúzia de Rhode Island Reds – uma raça de galinhas – para povoar o seu galinheiro em Basildon, Essex, na Inglaterra. No Natal, uma raposa fez uma visita ao seu galinheiro e, com isso, ela perdeu uma galinha e um galo. O tempo passou e Cordell até esqueceu a raposa, mas, aparentemente, as aves que sobraram não esqueceram não.

Cordell acordou de manhã e foi até o galinheiro onde encontrou, para seu espanto, a raposa morta, estirada no chão. Ela correu para ver sua criação e, mais surpresa ainda, constatou que estavam todos bem. Dude, o galo, e as galinhas Izzy, Pongo e Pecky não haviam sofrido um arranhão. Segundo Cordell, parece que as galinhas armaram uma emboscada para a raposa. A tábua que as aves usam como poleiro estava caída ao lado do corpo morto da raposa e a mulher acha que as galinhas derrubaram a tábua em cima da raposa que, nocauteada, foi bicada até a morte.

- A raposa tinha marcas de sangue nas pernas que faziam parecer que ela havia sido bicada. A raposa não era das maiores, devia ser filhote e Dude e Izzy são aves grandonas. Eu criei o Dude desde pintinho e ele é bem protetor em relação às galinhas. Agora ele cresceu e virou um galo assassino.

***

Fonte: R7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.