terça-feira, 20 de abril de 2010

Dos humildes é o reino dos céus!

Pr. Anderson Guarnieri
Baseado no livro “O Coração do Artista” – Rory Noland


Serviço cristão começa com humildade. Humildade significa deixar de ser egoísta (pensando sempre em tirar vantagens de tudo) e se doar totalmente, sem reservas, a Deus.

O verdadeiro conceito de humildade não é diminuir-se ou deixar que as pessoas pisem em você. A verdadeira humildade acontece quando temos uma visão correta de nós mesmos, compreendendo que não somos nem menos nem mais do que na verdade somos. Saber nossos pontos fracos e fortes e reconhece-los. Saber no que somos bons e no que não somos.

Humilhe-se diante de Deus, pois “todo aquele que se exalta será humilhado mas o que se humilha, será exaltado” (Lc 18.14). Tiago 4.10 nos exorta a humilhar-nos diante de dEle. É importante também lembrarmos que o Senhor tem um lugar especial em seu coração para os humildes (Is 57.15; Sl 138.6). Segundo a Bíblia, orgulho é uma abominação para o Senhor (Pv 16.5); tanto que Ele resiste aos soberbos (1Pe 5.5) e se opõe à pessoa que acha ser melhor que a outra (Tg 4.6). Fica claro ser uma ordem nos humilharmos diante do Todo Poderoso Deus, porque sem Ele nada podemos fazer (Jo 15.4-5).

Lembre-se que seu talento vem de Deus. A pessoa orgulhosa diz: “Veja o que EU fiz”. A pessoa humilde diz: “Veja o que DEUS fez através de mim”. Devemos dizer como o apóstolo Paulo disse: “Pela graça de Deus sou o que sou” (1Co 15.10).

Humilhe-se diante dos outros. Em 1Pedro 5.5 aprendemos “que devemos nos cingir todos de humildade no trato de uns com os outros”. Um exemplo disto foi o rei Davi. A Bíblia diz que “todo o Israel e Judá amavam Davi, porquanto saía e entrava diante deles” (1Sm 18.16). A Bíblia Viva diz que “ele era um com eles”.

E o elogio, como nós respondemos aos elogios que as pessoas fazem a nós? Jesus nos lembra, em Lucas 17.10, que quando usamos nossos dons para Ele, “fizemos somente o que devíamos fazer”. Podemos então graciosamente reconhecer e agradecer a todos que nos encorajam, tendo sempre em mente que, de todo modo, não somos nunca a atração principal. Disse um grande compositor, chamado Franz Joseph Haydn, ao responder a um elogio: “Não fale desse modo comigo. Você vê apenas um homem a quem Deus deu talento e um bom coração”.
Morra para o seu desejo de ser o melhor. C. S. Lewis diz: “o orgulhoso não tem prazer em ter algo, apenas em ter mais que o homem do lado. Dizemos que as pessoas têm orgulho em serem ricas, ou inteligentes, ou terem boa aparência, mas elas na verdade não têm. Elas têm orgulho quando são mais ricas, ou mais inteligentes, ou têm melhor aparência que outras. Se qualquer pessoa se tornasse igualmente rica, ou inteligente, ou tivesse a mesma boa aparência que elas, não haveria nada pelo que se ter orgulho. A comparação é que as faz ter orgulho: o prazer de estar acima do resto”.
Persiga a humildade em sua vida até encontrá-la. E quando isso acontecer agarre-a com toda as suas forças e não a solte mais, porque “dos humildes é o reino dos céus” (Mt 5.3).

***

Dica por email de Diego Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.