quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Evangelismo Pessoal


“Evangelizar é um mendigo dizer a outro mendigo onde conseguir alimento
O episódio dos dois leprosos, que disseram uns para os outros: Não fazemos bem; este dia é dia de boas-novas, e nós nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, seremos tidos por culpados; agora, pois, vamos e o anunciemos à casa do rei, (II Reis 7:9), demonstra bem o assunto, eles entraram no arraial dos sírios, encontrando grande fartura, numa época de fome na cidade, esta é, realmente uma ilustração viva do que é evangelizar.

Daí poder se dizer que evangelização é a ação de comunicar o evangelho, visando levar perdidos a Jesus para que sejam por ele salvos. Quando aqueles leprosos resolveram entrar na cidade e anunciar as boas noticias de que já havia pão para a sua fome, eles fizeram exatamente aquilo que temos que fazer com o mundo faminto de Deus.

A técnica da evangelização é ação. Ação que realiza. A palavra evangelizar é diferente de a palavra pregar. Nem toda pregação pode ser evangelização. Dois textos, entre outros, podem mostrar o caráter da ação: Lucas 4:18 - O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos – e Atos 10:36-38 - Esta é a palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, anunciando-lhes o evangelho da paz, por meio de Jesus Cristo. Este é o Senhor de todos. Vós conheceis a palavra que se divulgou por toda a Judéia, tendo começado desde a Galiléia, depois do batismo que João pregou, como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele. Aqui vemos a menção de evangelização acompanhada de certas realizações.

A idéia fundamental de evangelização é de passar o evangelho para alguém, de tal maneira que a pessoa viva por ele. Desse modo, deve-se entender que evangelizar é muito mais do que um mero ato de proselitismo ou comunicação de preceitos que expressam a crença de religiões e de seita. Em outras palavras, no ato da evangelização, a pessoa absorve o evangelho e ele passa a fazer parte da sua vida.

***

PC@maral

Um comentário:

  1. Meu irmão, durante algum tempo tenho compartilhado este espaço com você. Lendo seus textos, comentando alguns, participando assim desse poderoso instrumento que a internet tem se tornado em suas mãos e de tantos outros “blogueiros” evangélicos. Percebi que existem certas regras, tipo, eu divulgo quem me divulga, lemos e comentamos textos de quem nos prestigia, e toda essa coisa natural em qualquer forma de mídia; tipo: “ `E dando que se recebe”! “ Todos defendemos boas causas”, nossos anseios, ministérios, no que cremos e como cremos marcam sempre os nossos posts. Provavelmente muitos sequer terão paciência de ler essas linhas. Não faço algo mais importante que você. Não faço nada exclusivo ou de forma mais brilhante. Não quero ter 10.000 seguidores em meu blog. Não ganho dinheiro com a internet. Mas quero te pedir algo do fundo do meu coração a você. Iniciamos as obras do “PROJETO RESGATE VIDA”, uma instituição sem fins lucrativos que vai beneficiar centenas de crianças carentes. Não sou profissional de marketing, isso pode ser facilmente observado nos blogs que escrevo. Preciso divulgar as atividades do “PROJETO”, como uma das formas de conseguirmos patrocínios para os tantos desafios que temos aqui. Quero te pedir que divulgue nosso blog em seu espaço como uma forma de ajuda. Vamos mostrar no blog todo o processo de construção do nosso espaço aqui bem como as atividades que já estão em andamento. Agradeço por sua atenção e carinho. Que Deus te abençoe ricamente. Pr Anselmo Melo. pranselmomelo@gmail.com \ http://projetoresgatevida.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.