segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Assim Caminha a Humanidade [31]

Dono engana seu cão e o abandona em parque de Weymouth, Dorset na Inglaterra.

Depois daquela senhora que jogou o gato no lixo, e da menina que pensou que filhotes sabiam nadar, a maldade contra os animais corre solta neste mundo cão! O cadela Ginger pensou que ia para mais um passeio com seu querido dono. Mas, de repente, inexplicavelmente, dono de Ginger virou as costas, correu de volta para o carro e partiu, deixando o cão para trás.

Sem entender nada, pensando que “amigão” esqueceu alguma coisa no carro, só se deu conta que o dono estava “dando no pé” e deixando ela ali na "maior furada", quando o carro começou a se distanciar. A terrier Shetland [marca do cachorro], perseguiu o carro mas não conseguiu ir muito longe, pois seu dono, já premeditando a aventura, deixou de cortar as unhas do podre animal, que com garras enormes teve logo que parar.

Felizmente para Ginger, funcionários de um prédio de escritórios nas proximidades viram o que tinha acontecido. Eles correram para a rua e levaram o animal angustiado para dentro. Ginger foi levada ao veterinário para ter suas garras aparadas e, em seguida, ela foi recolhida pelo órgão protetor dos animais. Para azar do antigo dono sem coração, a cena também foi capturado na CCTV. Assim, os funcionários também estão tentando localizar o proprietário, na esperança de que ele seja ser processado por sua crueldade com o animal de estimação.

Steve Sudworth, que trabalhava nos escritórios da British Marine Technology, em Weymouth, Dorset, explicou como viu o homem de despejo Ginger. "Tive oportunidade de ver o homem e o cão a pé em direção à mata atrás do nosso prédio. Após alguns segundos, eu vi o homem andando muito rápido de volta para o carro e saltou dentro "Eu pensei que ele estava brincando com o cachorro, mas o carro deu marcha a ré e saiu do parque de estacionamento rápido. "O cão tentou seguir, mas não conseguiu por causa das suas unhas enormes".

Eles sairam do carro, ela toda feliz para passear.

Foram até a grama para correr um pouco...


Sem mais nem menos o dono volta correndo entra no carro e vai embora.

Ela ficou ali sozinha pensando: Ele vai voltar. Ele vai voltar... não vai voltar! Volta aqui!

O cão está sendo cuidado por Weymouth e Portland Borough Conselho. Chris Robertson, diretor assistente do cão, disse: "O gengibre é um cão muito bonito, ela tem um temperamento encantador. "Eu não sei por que alguém iria querer abandoná-la."

Se condenado, o seu proprietário poderá enfrentar seis meses de prisão e / ou multa R$ 20.000.

***

Fonte: Mailonline

Um comentário:

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.