quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Prefeitura fica vazia! Só tinha Ladrão!

Prefeito e vice de Dourados (MS) são flagrados recebendo propina
Ari Artusi foi filmado com dinheiro da compra de terreno superfaturado. Vereadores também participaram do esquema. Segundo a polícia, a prefeitura fraudava licitações para desviar verba pública



Já faz dois dias que a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, Dourados, está sem governo. Vinte e oito pessoas entre políticos, servidores públicos e empresários estão presas. Imagens mostram o pagamento de propina entre os envolvidos.Numa delas, cedida pela Polícia Federal, o prefeito de Dourados, Ari Artusi, recebe maços de dinheiro. Parte da comissão de oitenta mil reais pela compra de um terreno superfaturado.

- Secretário: o que eu tratei com ele foi o seguinte: três pagamentos, no primeiro eu te devolvo trinta. No segundo eu te devolvo trinta e na última, vinte.

- Prefeito: é...

As imagens foram feitas pelo secretário de comunicação e governo, Eleandro Passaia. Há três meses ele procurou a Polícia Federal para denunciar a quadrilha e recebeu a promessa do benefício da delação premiada. Segundo o secretário, que era encarregado de entregar o dinheiro da propina, o prefeito Ari Artusi ganhava mais de meio milhão de reais por mês com o esquema. Segundo a Polícia Federal, a prefeitura fraudava licitações para desviar dinheiro público. “O prefeito escolhia determinadas empresas que concordavam em participar do esquema. Direcionava os contratos licitatórios para esta empresa, que depois de vencer o contrato, retornava para o prefeito no mínimo dez por cento do valor do contrato. Esse é o mínimo porque houve registro, e que a empresa voltava até cinquenta por cento”, declara Bráulio Galloni, delegado da PF.

O prefeito também pagava mesada aos vereadores para que eles aprovassem todos os seus projetos. O vereador José Carlos de Souza recebeu dez mil reais, escondeu na camisa e comemorou. O vereador Humberto Teixeira Junior recebeu o pagamento no carro. Edivaldo de Melo Moreira também pegou o dele. Os pagamentos eram feitos em dinheiro vivo. Paulo Henrique Ferreira escondeu a propina na almofada.O presidente da Câmara, Sipley Alves da Silva também foi flagrado. Nem a oposição ficou de fora. Aurélio Bonato recebeu dez mil reais. Até a primeira dama recebeu dez mil reais.

O Tribunal de Justiça ainda não decidiu quem é que vai ocupar a prefeitura de Dourados. Deve ser pedida ainda hoje a prisão preventiva dos envolvidos no caso.



Esses foram pegos, mas e os outros tantos mais que enfiam no bolso o nosso dinheiro? Por isso a saúde neste país está igual ao caráter desses homens, podre! Na hora de votar pense bem! Muito bem! Analise, pesquise, procure saber da tragetória de seu candidato. Lembre-se, seu voto vale milhões, e eles sabem disso, por este motivo lutam com todas as armas para chegar ao poder, depois, ao invés de tratar das necessidades do povo enchem o bolso com o nosso dinheiro. E nós é que votamos nesses homens.

Prende e joga fora a chave da cela!

***

Fonte: Jornal Hoje - Edição do dia 02/09/2010 - 02/09/2010 13h21 - Atualizado em 02/09/2010 13h21 divulgado no PC@maral muito indignado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.