sexta-feira, 13 de julho de 2012

O Maior Interrogatório da História

Dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi.  (Mateus 22:42)

Publicado originalmente em Palavra da Verdade

Por Hernandes Dias Lopes

1. Quem é Jesus Cristo?

Jesus Cristo é o centro da história. Ele é o Pai da eternidade, o criador, o sustentador, o redentor. Ele é o verbo que se fez carne. O Deus que se fez homem. O Santo que se fez pecado. O Bendito que se fez maldição. O rico que se fez pobre, aquele que preenche todas as coisas. Ele é o alfa e o ômega. Ele é o Senhor, o Rei dos reis, aquele que venceu a morte e triunfou sobre o diabo. Diante dele se dobra todo joelho no céu, na terra e debaixo da terra.

E para vós, quem é Jesus? Eu creio que todos vós tendes uma opinião formada sobre Jesus. Já ouvistes sobre ele. Já lestes vários livros sobre ele. Nenhum personagem da história foi contemplado com tantas obras literárias. Jamais alguém influenciou tanto a humanidade.

O que pensais vós de Cristo? Em todos os séculos esta tem sido uma questão fundamental. Esse é o maior interrogatório da história. Não é o que pensais da igreja. Não é o que pensais do catolicismo. Não é o que pensais desta ou daquela doutrina. Mas o que pensais de Cristo?

2. Qual é o propósito da sua vinda?

Ele deixou o céu, o seu trono de glória, a companhia dos anjos, querubins e serafins. Ele se esvaziou, se humilhou, tornou-se um bebê, um pobre carpinteiro, um humilde camponês. Ele não tinha onde reclinar a cabeça. Foi homem de dores, veio para morrer.

Ele carregou no seu corpo o nosso pecado. Foi perseguido, traído, negado, preso, acusado, espancado, cuspido, escarnecido, pregado na cruz. Ele sofreu o desamparo de Deus, a crueldade dos homens. Ele bebeu sozinho o cálice da ira de Deus que os pecadores merecem. Ele morreu pelos nossos pecados, veio para buscar o perdido, reconciliar-nos com Deus e justificar-nos diante do trono santo de Deus. Ele veio para salvar-nos.

3. O que vós pensais dele como Mestre?

Aqueles que foram prendê-lo voltaram de mãos vazias e disseram: “Ninguém jamais falou como este homem”. Ele falava com autoridade e não como os escribas e fariseus. Ele se distinguia pela natureza dos seus ensinos, pela excelência do seu exemplo e pela riqueza de seus métodos. Ele não escreveu livros, mas transformou vidas. Ele não apenas ensinou a verdade, ele é a verdade. Ele não apenas foi o Mestre, mas foi o conteúdo do seu ensino. Ele não apenas foi o supremo profeta, mas é o conteúdo das profecias.

4. O que vós pensais dele como Médico?

Ele andou por toda a parte fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo. Ele fez maravilhas, realizou o impossível: curou cegos, purificou leprosos, levantou os paralíticos, desimpediu a língua dos mudos e abriu o ouvido dos surdos. Ele ressuscitou os mortos. Ele devolveu a esperança àqueles cujos sonhos já estavam sepultados.

O que pensais vós de Cristo?

I. O testemunho da terra

A.Os seus inimigos, o pensam dele?

1. Os fariseus – Vós fariseus, que estivestes sempre espreitando o Cristo, com inveja dele, com malícia no coração, com desejo de apanhá-lo no contrapé, com perguntas capciosas, com projetos iníquos de matá-lo, o que pensais do Cristo?

a) Ele recebe pecadores – Oh, sim, isto é verdade! Jesus foi amigo dos pecadores. Ele conversava com os proscritos publicanos, com os rejeitados pecadores, com as escorraçadas prostitutas. Ele acolhia e abraçava os párias. Ele toca os imundos leprosos. Esta é a nossa grande esperança! Esta é a verdade mais acalentadora do Cristianismo. Ele veio para os doentes. Ele veio buscar o perdido. Ele veio para gente que se sente arruinada, quebrada, falida. Ele veio para os falidos moralmente. Para aqueles que estão no fundo do poço.

b) Ele salvou os outros e a si mesmo não pode salvar – Sim, isto também é uma tremenda verdade. Se Jesus descesse da cruz, todos nós desceríamos ao inferno. Se Jesus descesse da cruz, jamais poderíamos subir ao céu. Ele não poupou a sua própria vida, para que fôssemos salvos. Ele morreu a nossa morte, para vivermos a sua vida.

2. Caifás – E vós Caifás, que tivestes inveja de Jesus, que conspirastes contra ele, que seduzistes o coração de Judas com dinheiro, que subornastes testemunhas falsas, que colocastes a máquina religiosa contra o Cristo, o que pensais vós do Cristo?

a) Ele blasfema porque se diz Filho de Deus e vai voltar um dia nas nuvens – Oh! sim estás certa. Ele é mesmo a sua afirmação. Mas estais enganados. Ele não blasfema. Ele verdadeiramente é o Filho de Deus. Ele é o Deus eterno que se fez carne. Ele é o Deus Emanuel. O testemunho de Cristo a respeito de si mesmo não é falso. Ele é a verdade. Sim, ele vai voltar com grande poder e glória. As nuvens serão sua carruagem. O mesmo Jesus que entrou em Jerusalém humilde, cavalgando um jumentinho, voltará entre nuvens, com grande poder e muita glória. Será acompanhado por um séquito de anjos! Oh que glória será!

3. Pilatos – E vós Pilatos, o pensais do Cristo, visto que tendes a tarefa de julgá-lo? O que pensais do Cristo, diante da pressão dos sacerdotes, da gritaria da multidão? “Eu não vejo nele crime algum”.

4. A mulher de Pilatos – E vós, mulher de Pilatos, que sonhastes com Jesus, o que pensais vós dele? O que tendes a dizer para o seu marido a respeito de Jesus? “Não te envolvas com este justo”.

5. Judas Iscariotes – E vós Judas, que fostes apóstolo de Cristo, que vistes os seus milagres, que ouvistes suas palavras, que vistes seu exemplo. Vós que traístes a Jesus, que o vendestes por trinta moedas de prata, que o entregastes aos soldados romanos usando o beijo traidor, o que pensais vós do Cristo? “Eu trai sangue inocente”.

6. Centurião – E vós, centurião romano, que estivestes presente na crucificação de Jesus e que mandastes os soldados romanos açoitarem-no com violência, que ordenastes aos soldados para o pregarem na cruz, que vistes o Cristo sendo suspendido na cruz, o que pensais dele? “Verdadeiramente ele era o Filho de Deus”.

7. Juliano, o apóstata – E vós Juliano que perseguistes os cristãos, que intentavas varrer da terra o Cristianismo. Vós que marchavas para a guerra contra os persas em 363 d.C., tão seguro da vitória e abusava dos soldados cristãos, o que pensais vós do Cristo? “Vencestes ó galileu”. – “o meu carpinteiro está fazendo um caixão para o seu imperador”.

8. John Lenon – E vós John Lenon que dissestes que os Beatles eram muito mais famosos do que Jesus Cristo e que dissestes que o Cristianismo passaria. O que pensais vós do Cristo? Os Beatles se separaram. John Lenon morreu e Jesus continua no Trono.

9. Um dia todos os inimigos de Cristo vão reconhecer que ele é o Senhor – Um dia Hitler dobrará os joelhos diante de Jesus Cristo, o nazareno. Da mesma forma Marx, Lenin, Stalin, Mao Tsé Tung, Fidel Castro, Lula.

B. O que os seus amigos pensam do Cristo

1. João Batista, o precursor – E vós, João Batista, que sois o seu precursor, o que pensais do Cristo? “Ele é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. Ele é o Filho de Deus, o que batiza com o Espírito Santo”.

2. Pedro – E vós, que negastes o Cristo e por isso muito chorastes, o que pensais do Cristo? Vós que o vistes no Monte da Transfiguração, vós que fostes crucificado de cabeça para baixo, por vos achares indigno de ser morto como Jesus, o que pensais dele? “Ele é o Cristo, o Filho do Deus vivo” – “Só ele tem as palavras da vida eterna” – “Sim, o Jesus que foi crucificado, Deus o ressuscitou e o fez Senhor e Cristo” – “Agora não há salvação em nenhum outro nome dado entre os homens pelo qual importa que sejamos salvos”.

3. João – E vós discípulo amado, que vos reclinastes no peito de Jesus, o que pensais dele? “Ele é o verbo que se fez carne” – “Ele é o Alfa e Ômega, o Rei dos resis, o Senhor dos senhores”.

4. Tomé – E vós Tomé, que andastes com Cristo, vistes os seus milagres, ouvistes os seus ensinos, mas duvidastes a princípio da sua ressurreição, quando ele se fez presente entre os discípulos, o pensais do Cristo? “eu me prostrei e adorei e disse-lhe: Senhor meu e Deus meu”.

5. Paulo – E vós Paulo, que antes perseguias a Cristo e sua igreja, que fostes convertido no caminho de Damasco, que dedicastes vossa vida para percorrer o mundo pregando o Evangelho, o que pensais vós do Cristo? “Ele é a minha vida. Para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro” – “Já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim” – Ele é a minha esperança – Ele é a minha vida – Ele é tudo em todos – Dele, por meio dele e para ele são todas as coisas. Ele é o Senhor – Deus o exaltou sobremaneira e deu-lhe o nome que está acima de todo nome para que ao nome de Cristo se dobre todo joelho no céu, na terra e debaixo da terra.

II. O testemunho do inferno

1. Os demônios – E vós, demônios, que o tendes visto antes da vossa queda, que fostes expulso do céu, que andais oprimindo os homens, pervertendo os corações, fazendo estragos terríveis na história, o pensais vós do Cristo? “Apareciam gritando: Jesus Filho do Deus Altíssimo, viestes atormentar-nos antes do tempo?”. Para os demônios Jesus é o Filho de Deus, o Santo, Jesus é o atormentador dos demônios. Ele se manifestou para destruir as obras do diabo (1 Jo 3:8). Ele triunfou sobre o diabo e suas potestades na cruz. Ele os despojou e os expôs publicamente ao desprezo. Jesus é aquele que esmagou a cabeça da serpente. Jesus é aquele diante de quem todo joelho vai se dobrar no céu, na terra e no inferno.

2. Os perdidos e condenados que rejeitaram a Cristo – E vós, que a despeito de ouvirdes a mensagem da salvação rejeitastes a Cristo, o que pensais vós do Cristo? Vão pedir: “Senhor, Senhor, abra-nos a porta.” Vão clamar, “Senhor refresca a minha língua porque estou atormentado nessas chamas”. Vão reconhecer tarde demais que Jesus é o único Salvador. Vão procurar fugir da presença e da ira do Cordeiro, vão desejar a morte, mas a morte não porá fim ao sofrimento deles. Serão banidos para sempre!

III. O Testemunho Do Céu

1. O testemunho do Pai – E vós, Deus Pai, o que pensais do Cristo? 1) Ele é o meu Filho Amado, em quem me comprazo; 2) Ele é meu Filho amado, a ele ouvi. Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu um nome que está acima de todo nome. Ele é o herdeiro de todas as coisas. O Senhor do universo. O juiz de vivos e de mortos.

2. O testemunho do Espírito Santo – E vós, Espírito Santo, supremo consolador, o que pensais vós do Cristo? Eu vim para o mundo para ser o outro consolador. Eu vos farei lembrar tudo o que ele vos disse. Eu vim para dar testemunho dele. Eu vim para glorificá-lo. Eu vos guiarei a toda a verdade. Jesus é a verdade. Eu vos convencerei do pecado para que possais crer em Cristo.

3. O testemunho do próprio Jesus – E vós, ó Cristo, o que pensais de vós mesmos? Eu sou o pão da vida. Eu sou a luz do mundo. Eu sou a porta. Eu sou o bom pastor. Eu sou a ressurreição e a vida. Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Eu sou a videira verdadeira. Eu sou o Mestre e o Senhor. Eu e o Pai somos um. Eu sou o verbo que se fez carne. Eu sou o criador do universo, o salvador do mundo, o Messias prometido, o doador da água da vida, o perdoador de pecados, a única esperança da humanidade.

4. O testemunho dos anjos – E vós anjos que assistis diante do trono de Deus, o que pensais vós do Cristo? Oh, Ele é o Salvador, o Cristo, o Senhor que nasceu em Belém. Ele ressuscitou dos mortos e não está mais no túmulo. Ele voltará do mesmo jeito que foi para o céu. “Digno é o Cordeiro que foi morto de receber o poder, e riqueza, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e louvor” (Ap 5:12).

5. O testemunho dos remidos no céu – E vós, remidos de Deus, que já estais na glória, o que pensais do Cristo? “Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no torno, e ao Cordeiro, pertence a salvação” (Ap 7:9,10).

Conclusão

Ou Jesus é o Filho de Deus, ou então ele foi um louco desvairado, porque dizendo-se santo, sem pecado, afirmou ser quem não era. Mas, o inferno, a terra e o céu nos comprovam que Ele é o Filho de Deus, o Salvador.

Agora, sendo ele o Filho de Deus, o único salvador, como você vai escapar se o rejeitar? Você não pode ficar neutro diante dele: Quem não é por ele, é contra ele.

Você gostaria hoje de recebê-lo como seu salvador e Senhor? Quer dobrar hoje os seus joelhos e render-se a ele? Hoje ele quer ser o seu Advogado, amanhã será o seu Juiz.

Hoje ele oferece descanso para a sua alma. Hoje ele lhe dá a água da vida. Hoje ele é o caminho para os seus pés, a verdade para a sua mente, a vida para a sua alma. Hoje ele quer reconciliar você com Deus. Hoje seus braços estão abertos e ele lhe convida: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”.

E você vai se render hoje ao nome de Jesus?!

Fonte: Palavra da Verdade compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.