quarta-feira, 8 de agosto de 2012

De onde vim, para onde vou e o que estou fazendo aqui?

Perguntas que não podem ser respondidas com “a verdade de cada um”

Por Genésio Mendes Junior

Essas três perguntas acompanham a humanidade há muito tempo. A religião, a ciência, a filosofia e mesmo o senso comum tentam responder essas questões para trazer algum sentido para a vida humana. Alguns mestres, cientistas e pensadores buscam tais respostas com frequência e afinco. Nós, pessoas comuns, fazemos essas perguntas quando nos deparamos com o inexplicável, com os becos sem saída que a vida nos coloca. Quando problemas, dos mais diversos, nos atacam, sem perceber, perguntamos: qual a minha origem? Para onde minha vida está indo? O que eu tenho que fazer com tudo isso que está acontecendo? Muitas são as respostas, depende de como e onde você vai procurar.

Vivemos em um tempo em que cada um tem uma pretensa verdade. A frase mais comum é: “eu tenho a minha verdade, que vale para mim”. No caso dessas perguntas não podem existir verdades. A verdade só pode ser uma. Não pode haver várias origens, não há varias versões finais, como se a vida fosse um filme que podemos assistir à versão do cinema, à versão estendida e à versão do diretor. O início, o fim e, portanto, o meio deste filme chamado vida, só tem uma versão: essa é a verdade. Afinal, se é assim, quais são as respostas verdadeiras para as famosas perguntas?

A verdade para essas três perguntas não se encontram em teorias bem construídas, mas em uma pessoa: Jesus Cristo. Quando Ele estava para partir desse mundo, através de sua morte e ressurreição, Jesus se reuniu com seus discípulos e disse: “Não tenham medo, não fiquem perturbados nem apavorados. Eu vou agora, mas vocês não podem ir comigo, mas um dia vocês estarão comigo para sempre, pois vocês sabem o caminho”. Nesse momento, um dos discípulos o interrompe e pergunta: “não sabemos para onde você vai, como saberemos o caminho?” A incompreensão do momento presente e a preocupação com o futuro fez com que os discípulos questionassem suas origens, seu futuro e sua missão. É nesse contexto que Jesus, de maneira simples e objetiva, apresenta a resposta para as três perguntas.

Jesus diz: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. Leia João 14 e você verá todo o diálogo. Jesus é a verdade. O mesmo evangelho de João diz que todas as coisas foram criadas por ele e sem ele nada do que existe estaria aqui.

Qual a sua origem? Você veio de Deus, ele é o criador de todas as coisas. Nenhuma outra resposta é a verdade. Por isso você não pertence a nenhum santo, a nenhuma entidade, e nem é fruto do acaso, de um erro ou lapso. Sua origem é Deus, o Pai, Jesus Cristo, o Filho e o Espírito Santo.

Jesus é a vida. Ele diz que veio para dar vida e vida abundante. Diz também que quem está nele tem a vida eterna e estará com ele para sempre! Qual o seu destino? A vida eterna, desde que você se aproxime de quem é a própria vida: Jesus Cristo que, por meio de sua morte na cruz, conquistou para mim e para você o direito da eternidade.

Com essas duas respostas, podemos responder a última: o que você está fazendo aqui? Você está aqui para amadurecer diante de Deus, aprendendo a romper com as estruturas falidas deste mundo e se aproximar dos valores do reino de Deus, os valores e a maneira de viver ensinada por Jesus. Ele é o caminho. A vida com Deus não é um ponto de chegada somente. Mais do que isso, é uma estrada que precisa ser trilhada, obstáculos precisam ser superados, lições precisam ser aprendidas e você precisa amadurecer até parecer-se mais e mais com Cristo.

Esse é o caminho verdadeiro da vida: Jesus. Nele está a sua origem, ele é o seu destino e enquanto você vive a sua vida, ele também é o seu referencial de transformação, de coragem para enfrentar as lutas, de fé e esperança diante do sofrimento e de certeza que você não está só. No seu caminho, por mais difícil que ele esteja, Cristo está com você construindo o seu caráter, moldando sua mente e coração para que você trilhe o caminho da verdade e da vida. Essa é a verdade. Cristo é a resposta. Creia nele, viva por ele, caminhe em seus passos! Amém.

Fonte: Guiame compartilhado no PCamaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.