sábado, 25 de agosto de 2012

Estamos Sempre à Procura de Algo Maior

"... levantou-se e foi para seu pai ..." (Lucas 15:20)

Li uma história interessante sobre um gato que um dia decidiu sair de casa. Seus proprietários pensaram que nunca mais o veriam, mas oito anos depois, ouviram um barulho na porta e um gato entrou. Ele começou a miar como se fosse o dono do lugar... Com certeza, era o antigo gato. Como ele encontrou o caminho para sua casa, eu não sei. Mas ele tinha algum tipo de instinto natural.

Nós vemos esse instinto em muitos animais. Por exemplo, todos os anos em San Juan Capistrano, nos EUA, as andorinhas retornam. Milhares de turistas se reúnem para assistir isso acontecer. E apesar de o reino animal ter essa capacidade, ainda assim muitos seres humanos falham quando se trata de retornar ao Deus que um dia se esqueceram? Cada um de nós, em certo sentido, sente falta de casa, ou seja, do paraíso. Mas nós não sabemos o que isso significa. Tudo o que sabemos é que estamos sempre à procura de algo maior.

Talvez você definiu metas quando era jovem e disse: "Eu sei que vou ser feliz quando possuir uma casa e um carro, casar e ter filhos." Bem, agora você tem a casa, o carro, o cônjuge e os filhos. E então você diz: "Se eu tivesse uma casa maior, mais alguns filhos e dois carros, então eu seria feliz." Ainda falta algo.

A Bíblia diz que Deus colocou a eternidade em nossos corações (Eclesiastes 3:11), o que significa que dentro de nós há um sentido, há algo a mais, uma unidade espiritual. Por que? Porque você e eu fomos criados para conhecer a Deus. E como filhos pródigos, não seremos felizes enquanto não retornarmos à casa do Pai.

Fonte: Devocionais Diários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de não publicá-los caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.