quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Isso é pecado

Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade. (1 João 3:2-4)

Por Julian Freeman

Você já teve a experiência de ficar com a consciência inquieta? Não é culpa, porque você não tem certeza de que pecou, mas também não fica claro, porque você não tem certeza de que não pecou. É apenas inquietude.

Você já tentou identificar o pecado em sua vida, de modo a confessá-lo a Deus ou aos outros? Você já considerou se uma ação específica é algo do qual você precisa se arrepender, ou tudo é aceitável? Você já tentou contestar alguém amorosamente em algo que parece errado na vida dela, mas não foi capaz de apontar para onde realmente estava o problema?

Estou convencido de que em muitas vezes que falta clareza nas nossas conversas e em orações sobre o pecado, é porque não estamos nos esforçando para pensar em categorias bíblicas. Há muitos anos, alguém me desafiou a tentar manter minhas conversas sobre pecado atadas às palavras bíblicas. Dessa maneira, podemos falar sobre pecado como pecado… e, se alguma coisa não é pecado, então devemos lidar com ela no campo da preferência ou simplesmente liberdade.

Para ver o que o Novo Testamento chama de “pecado”, confira as seguintes passagens. Essas são algumas das que são comumente chamadas de “listas de pecado” do Novo Testamento.

Marcos 7.21-22; Romanos 13.8-14; 1 Coríntios 5.9-11; 1 Coríntios 6.9-10; Gálatas 5.19-2; Efésios 4.25-31; Efésios 5.3-5; Colossenses 3.5-9; 1 Timóteo 1.8-11; 2 Timóteo 3.1-5; Apocalipse 9.20-21; Apocalipse 21.8; Apocalipse 21.17

Eu achei útil classificar os vários pecados nos tipos: “Coração”, “Boca”, e “Corpo”. Curiosamente, quando os autores do NT falam sobre pecado, eles estão geralmente falando sobre o seu coração, até mesmo antes de suas palavras ou ações.

Pecados do coraçãoPecados da bocaPecados do corpo
Pensamentos maldososEnganação\MentiraImoralidade sexual
Cobiça\CiúmeCalúniaRoubo
PerversidadeBrigas (no sentido de discussão)Assassinato
LuxúriaRixasAdultério
Inveja\GanânciaDissensõesOrgias
Orgulho\ArrogânciaDiscórdiaEmbriaguez
ToliceInsultosFeitiçaria
ImpurezaConversas tolasAtaques de raiva
IdolatriaConversas corruptasEnganação
InimizadeBrincadeira rude\ conversas obscenasHomossexualidade
RivalidadesPerda de domínio próprioComportamento abusivo
MurmurarBrutalidade
Amargura\iraPerda de domínio próprio
Vociferar\gritar
Malícia
Paixão mundana
Desejo maligno
Amor próprio
Amor ao dinheiro
Não amar a Deus
Amar os prazeres, não Deus
Desobediência aos pais
Ingratidão
Ser insaciável
Crueldade
Ser traidor
Ser imprudente
Adoração a ídolos e a demônios
Ser covarde
Ser incrédulo
Perda do domínio próprio


Assim, minha sugestão é essa: procure saber sobre esses pecados, então você poderá ficar atento em relação a eles em sua própria vida. Use essas palavras para confessar seus pecados a Deus e aos outros. Use essa lista de pecados para ajudar a aliviar ou agir de acordo com os sinais da sua consciência. E use essas palavras que descrevem pecados em suas conversas com os outros, você poderá servi-los ajudando-os a pensar mais em categorias bíblicas também.

Traduzido por Fernanda Vilela | iPródigo.com | Original aqui | Compartilhado no PCamaral e no Hospital da Alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PCamaral, Palavra de Deus, Teologia, Estudos, Evangelho, Reflexões, Bíblia Sagrada, Estudos Bíblicos, Mensagens Bíblicas

Todos os comentários serão moderados. Me reservo ao direito de publicá-los ou não caso o conteúdo esteja fora do contexto, ou do assunto, ou seja ofensivo ao autor do texto.